Blog, Imoveis, Marketing Digital, Mercado Imobiliário, Sem categoria

Decisão de compra de um imóvel – entenda como funciona

decisão de compra de imóvel

Se você trabalha com a venda de imóveis deve saber que a decisão de compra de um imóvel tende a ser um processo demorado. Além de demorado a decisão de compra também tende a ser um processo complexo e é sobre ele que eu quero conversar com você hoje.

Para que você tenha uma ideia da complexidade do processo de compra, muitas são as empresas e os profissionais que se dedicam a entender um pouco mais como o processo de decisão de compra de um imóvel ocorre.

É normal que seja um processo demorado e igualmente complexo, afinal estamos falando de um bem de altíssimo valor, e possivelmente o maior investimento que a pessoa fará em toda a vida. Dessa maneira, é esperado que seja uma decisão bem pensada.

Para que efetivamente a decisão de compra seja tomada é preciso que outras pequenas decisões sejam tomadas anteriormente. Para contribuir com a tomada dessas pequenas decisões que você pode utilizar a internet e o marketing digital para criar autoridade e gerar vendas.

Atualmente, por conta da pandemia, muito da busca por um imóvel tem ocorrido pelo meio digital. As pessoas não vão mais até o corretor para conhecer o seu catálogo de imóveis. Elas buscam na internet os imóveis que lhe parecem atrativos.

Mas para que você consiga vender, é preciso ter em mente que nem sempre o investidor/comprador busca exatamente um imóvel, mas sim um investimento. E para que a decisão de compra de um imóvel ocorra ele precisa ter as respostas certas para seus questionamentos.

São essas respostas que vão fazendo com que ele tome as menores decisões primeiramente. Por exemplo, esse imóvel atende as minhas necessidades? Quais são as vantagens da compra? Responder às questões do cliente é fundamental.

Decisão de compra de um imóvel ocorre em estágios

Segundo dados divulgados pela Chet Holmes, uma grande autoridade do marketing digital, apenas três por cento dos possíveis compradores que você tem estão efetivamente preparados para comprar nesse momento. Sete por cento estão buscando mais informações sobre a sua oferta e noventa por cento ainda não desejam comprar o imóvel.

Por isso, dividir o processo de compra em estágios se torna mais fácil até mesmo para que você saiba como agir com cada cliente. Sobre as questões que mencionei anteriormente, esse é o terceiro estágio, onde está sete por cento dos compradores que estão dispostos a ouvir, mas sobre a sua proposta.

Além desse estágio há outros quatro estágios.

São eles: estágio de reconhecimento da necessidade de um imóvel (onde o cliente percebe que tem uma demanda que precisa de assistência, mas ele ainda não procura um imóvel); consideração (momento em que após identificado a necessidade de um imóvel o cliente passa a realmente considerar essa possibilidade) pesquisa (aqui o cliente já começa a pesquisar possíveis imóveis que podem atendê-lo).

Por fim temos a decisão de compra (após analisar as diferentes possibilidades disponíveis no mercado o cliente já está apto a realizar a compra).

Dica de ouro para corretores de imóveis

Se você está com o cliente desde o início, através das ações de marketing digital as chances dele chegar a decisão de compra e optar pelo imóvel que você está oferecendo são elevadas.

Por isso é preciso investir em leads de qualidade.  Assim você cultiva possíveis clientes antes mesmo que eles tenham reconhecido a necessidade de aquisição de um imóvel.

Aliás, o próprio corretor pode gerar essa necessidade a partir da comunicação adequada que faz com seus possíveis clientes. Quando o corretor acompanha toda a trajetória da decisão de compra as chances de fechar o negócio são muito grandes.

Preparado para acompanhar todos esses estágios da decisão do cliente? Aliste-se agora mesmo e faça a diferença no mercado imobiliário! Aqui não perdemos vendas!